Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Miami Secrest #Capitulo 9#

por Silver Sky, em 28.09.13

Revista "Fashionist", 09:00h

Mary estava a espera na sala da mãe. Estava sentada e batia o pé de nervosismo. Ela nem queria pensar e nem imaginar a racção da mãe quando descobrisse que a sua filha tinha roubado a informação e entregado à concorrencia. Depois ter passado alguns minutos a espera a sua mãe entra finalmente na sala.

- Como me podes-te fazer isto, Mary! A minha própria filha. - diz Emily bastante irritada sentando-se a frente da filha.

- Mãe…eu posso explicar. - disse Mary nervosa.

- Eu bem deveria ter desconfiado quando a Nina me  disse
que tu passas-te por cá, por causa de uns documentos que eu me tinha esquecido.

- Mãe, eu não queria que nada disto acontece-se. Mas era a unica maneira de sabermos quem é a SECRET GIRL.

- Tu não achas que estas grandinha de mais para essas coisas? - diz a Emily irritada.

- Coisas! Que metem a minha vida privada exposta. Se tu te procupasses comigo ajudarias-me a
encontar quem é essa gaja. Mas não, a unica coisa que sabes fazer é criticar-me
e pensares na porcaria desta revista. - diz Mary alterada.

- Porcaria, que te sustenta. Que te oferece tudo do bom e do melhor.

- Então mãe. Diz lá. Qual é o castigo? - pergunta Mary. - Um mês sem cartão de credito ou mandas-me para o internato durante um ano? - diz Mary.

- Sai! Sai, já da minha sala. A tua brincadeira de te armares em detective arruinou a revista esta semana. - ordena Emily apontando para a porta.

- Eu vou e com muito gosto. Porque já não consigo ficar mais aqui e olhar para tua cara de
falsa, sem vomitar. - diz Mary saindo da sala.

Olá caros leitores...

Daqui SECRET GIRL a vossa fonte de informação mais segura sobre a elite de Miami...

Apanhada: Mary Garrett a ter uma horrível discussão com Emily Garrett. Pobre Mary! Parece-se que o tiro lhe saiu pela culatra. Pode ser que para a próxima tenhas mais sorte para me apanhar. Isto é! Se eu quiser que me apanhes!

É tudo por agora...SECRET GIRL

(acompanhada por uma foto de Mary a sair do prédio da revista "Fashionist")

  Colégio Santiago, 10:00h

 Audrey, Bearice , Lexie e Emma estavam sentadas no bar do colégios a "socializar" quando Mary aparece.

- Mary! - exclama Lexie.

- A Audrey já nos contou tudo...Como foi a conversa com a tua mãe? - pergunta Emma, chegando-se para o lado para Mary se sentar.

- A minha mãe é uma estúpida. Eu odeio-a. Em vez de me apoiar, só pensa na porcaria do dinheiro e do trabalho. - diz Mary furiosa sentando-se ao pé de Emma.

- Calma! Nós estamos aqui, para te apoiar. Vamos estar sempre. - disse Beatrice tentando reconfortar Mary.

- E como te disse a vadia da Rebecca Lois não se vai ficar a rir. - diz Audrey a sorrir.

- Obrigado, amigas. Mas agora a única coisa que eu sei, é que quero sair daquela casa. Não vou conseguir suportar olhar para a cara da minha mãe...se lá continuar viver.

-Se quiseres podes ir viver comigo. Os meus pais não se importam. - diz Lexie a sorrir.

- Acho que vou aceitar. Obrigada Lexie. - diz Mary a sorrir.

- Vais ver que vai ser optimo. - diz Lexie super entusiasmada.

-Mas vamos parar de falar da tua mãe e desssas tretas e fala-nos do encontro com o Zack. - diz Audrey.

-Já te disse! Não foi nenhum encontro! - exclama Mary com voz irritada.

- Ok..ok...ok...mas diz-nos lá. Beijaste-o? - pergunta Audrey a rir.

- Sim. Beijei-o.

- Boa, Mary. - exclamam as amigas a rir, divertidas.

- Mas não sei como as coisas estão entre nos. Foi super estranho. - confessa Mary.

- Vais convida-lo para  a festa de aniversário de amanhã? - pergunta Emma.

-Qual festa de aniversário? Quem faz anos? - pergunta Mary confusa.

-Não acredito que esqueces-te! Amanhã faz anos o Patrick. E como sempre vai dar uma alta festa na
mansão dele. - acaba por diz Lexie.

- Hum... ele faz anos...Desculpem, mas eu não me lembrava disso. Aliás eu não me lembro nada sobre ele.

- Nós repara-mos... - diz Audrey a rir.

- Então quer dizer que não sabes o que lhe vais oferecer de prenda, pois não? - diz Beatrice.

- Não. - responde Mary olhando para os rapazes que passavam por elas e piscavam o olho.

- Bem isso não é problema. Nos ajudamos-te a encontrar um prenda perfeita para tu lhe
ofereceres. - diz Lexie.

- Tu um dia dissete-nos que ele adorava relógios. Por isso podias-lhe comprar um relógio. - diz Emma.

- Sim é isso que vou fazer. - responde Mary com um ar nada animado.

Olá caros leitores...

Daqui SECRET GIRL a vossa fonte de informação mais segura sobre a elite Miami...

Apanhadas: Audrey, Beatrice, Lexie e Emma todas juntas a entrar e a sair de lojas. Parece que as nossas meninas levaram " a coisa de comprar uma prenda para o famosíssimo Patrick " muito a sério. Por outro lado o segundo dia mais importante para Mary (já que o primeiro é o dia dos seus anos) já não é assim tão importante. Visto que Silvy, a sua empregada foi apanhada a sair de uma loja com um saco, que parecia ser uma prenda. 
Pare-se que a Mary teve coisas mais importantes que fazer do que ir
comprar a prenda para o aniversariante, como por exemplo, visitar Zack
Blackwell, para o convidar para a festa de amanhã.

É tudo por agora (SECRET GIRL)...

(acompanha por uma foto das "Bad girls" e de Patrick Twink e Zack Blackweel)

 

 Mansão dos Twink, 23:00h

A mansão estava cheia de pessoas. Raparigas de biquini e rapazes de calçoes em tronco nu a "socializar" dentro e fora da piscina. Havia música aos "berros" e bebidas por todo o lado. Se algúem quise-se esquecer os problemas. Este era o sítio perfeito. Visto que já existiam algumas pessoas totalmente bebadas a andar pela festa. Mary veio acompanha pelo Zack, que trazia uns calções de banho pretos e Mary um biquini azul. Enquanto Lexie, Audrey, Emma e Beatrice vinham todas juntas animadissimas com uns biquinis lindissimos.

- Feliz aniversário. - dizem todas menos Mary, dando-lhe as respectivas prendas.

- Obrigado, meninas. E ainda bem que vieram. Espero que se divirtam. - diz Patrck a sorrir.

- E vamos. - responde Audrey pegando imediatamente numa bebida.

- Olá, Mary... - diz ele a sorrir. - E Zack. - com  uma cara mais séria.

- Olá. Toma, espero que gostes! - diz Mary entregando-lhe a prenda.

- Obrigado. - agradece ele a sorrir.

Depois o sorriso desaparece quando desembrulha a prenda.

- O que foi não gostas-te? - pergunta Mary preocupada com a reacção de Patrick.

-O relógio é bonito...Mas já me deste um igual ano passado, Mary.

- Oh, desculpa. Pensei que fosse parecido. - mente Mary atrapalhada.

- Não faz mal. Assim fico com dois. Se um estragar-se, tenho o outro. - responde Patrick a sorrir.

- Ok...então. -diz ela a sorrir.

 

As cinco raparigas começam a misturar-se entre a multidão de jovens que se encontrava na festa. Beatrice e Emma até deram um mergulho na piscina, onde estavam só rapazes lindos de morrer.

- Olá, Alexis. - diz Thomas aparecendo atras dela, agarrando-a pela cintura e dando-lhe um beijo no pescoço.

- Olá, Thomas. - responde com um ar aborrecido, virando-se para ele  e tirando as suas mãos da sua dela.

 

- Alexis. Desculpa por eu ter cancelado o jantar. Mas tive que ir a uma reunião de ultimna hora.  - desculpa-se ele. Mas nada sincero para Lexie.

- Ok...está bem. Mas agora se não te importas eu vou ali ter com a Beatrice. - diz Lexie olhando para amiga que estava junto da piscina a falar com um rapaz.

Audrey estava sentada na piscina com os pés dentro de água na sua mão direita segurava um copo, que tinha uma mistura de todas as bebidas alcoolicas que se encontravam na festa. De repente John Fox salta para dentro da piscina e molha sem querer Audrey.

- Hei! Bolseiro. - grita Audrey irritada.

- Tinhas que ser tu. Porque é que quando eu te vejo, tens que estar com um copo na mão. Ou seja bêbada. -
diz John aproximando-se dela.

- E tu?! Porque estas sempre no meu caminho. Sabias que perseguição é crime?! - diz ela.

- Isso querias tu. Que eu te perseguisse. - diz ele aproximando-se cada vez mais dela, ficando
bastante proximo.

- Nem morta. - responde irritada levantando-se e caminhando na dirrecção de Beatrice Lexie.

 

 Zack, Mary e Emma estavam sentados num sofá junto a piscina. Mary e Zack conversavam
animadamente, por vezes Mary olhava para Patrick que falava com uns rapazes da equipa de futebol do colégio. Enquanto que Emma estava calada e totalmente molhada depois ter dado um mergulho na piscina. Estava com um ar triste, bebia a sua bebida e observava sem atenção nenhuma um grupo de raparigas que se estavam a divertir dentro da piscina. De repente recebe uma mensagem de Richard.

 

 De: Richard Brown

 

Para: Emma Peterson

 

"Hei! Quero-te ver! Tenho saudades tuas! Beijos."

 

De: Emma Peterson

 

Para: Richard Brown

 

"Deixa-me em paz!! Eu não te quero ver! Até escolheres!"

 

De seguida Emma gurada o telemovel dentro da mala irritada.

- Está tudo bem? - pergunta Mary.

- Foi o Richard que me mandou uma mensagem. - responde Emma, olhando para amiga.

-Emma. Vais ver que se vai resolver tudo. E se não resolver nós vamos estar ao teu lado para te
apoiar. - diz Mary dando um abraço a amiga.

Depois aparece Lexie, Beatrice e Audrey.

- Hei! O que se passa aqui! - pergunta a rir.

- Também quero! - exclama Beatrice.

- Abraço em grupo! - grita Audrey, atirando-se para cima de Emma e Mary, seguida por Beatrice e Lexie.

Zack que tinha ficado de fora do "abaraço de grupo" ria-se ao ver as cinco amigas tão unidas.

De repente aquele momento é interrompido por um empregado.

- Desculpe, menina Adams! - chama o empregado.

- Sim. O que foi?- pergunta ela.

- Chegou uma encomenda para si. - diz-lhe o empregado entregando-lhe um envelope para as mãos.

-Quem é que lhe deu isto? - pergunta Lexie.

- Não sei, menina. Estava agoara na caixa do correio. - responde o empregado. - Agora se me dão licença… - diz ele retirando-se junta delas.

Os sorrisos que todas tinham na cara, tinham desaparecido e dado lugar a uma cara de desconfiança e de curiosidade.

- Abre. - diz Emma.

-E se for... - murmura Lexie.

- Abre essa porcaria. Para vermos o que está lá dentro. Pode-se ser um cheque ou
um cartão de crédito. - diz Audrey.

As quatro raparigas ficam parvas a olhar para ela.

- O que foi!? Os cartões de crédito que o meu pai dá a minha mãe, vêm nos
envelopes assim parecidos. - diz Audrey encolhendo os ombros.

-Bah! Abre lá isso. - diz Beatrice e Mary  assente com a cabeça, confirmando que era melhor abrir logo aquilo.

- Ok...eu vou abrir. - diz Lexie.

Ela olha para o envelope branco e respira fundo, enquanto que as amigas esperavam ansiosas. De seguida ela abre o envelope e tira de lá de dentro uma fotografia de Thomas aos beijos com uma jovem mulher.

-Não pode ser!? - dizem todas admiradas.

- Eu não acredito naquilo que estou a ver. - diz Lexie perplexa a olhar para a fotografia.

- Não diz  nada, sobre quem te enviou a foto? - pergunta Beatrice.

Lexie vira a fotografia e repara de uma nota escrita a vermelho.

  

Parece que o senhor perfeitinho não é assim tão perfeito! Uma imagem vale mais do que mil
palavras! Cuidado fofa! (SECRET GIRL)

  - Que cabra! - diz Emma.

- Se calhar pode ser uma montagem. - diz Mary.

 - A "SECRET GIRL" pode ser tudo. Mas mentirosa não é. - diz Audrey.

Lexie olha pra o lado e vê Thomas a falar com uma rapariga. Ela levanta-se bruscamente e começa a caminhar na dirrecção dele furiosamente, as amigas seguem-na incluindo Zack.

- Podes-me explicar o que é isto? - pergunta Lexie irritada mostrando-lhe a fotografia. - Com que então muito trabalho, hã?

-Eu posso explicar Alexis. - diz ele desculpando-se atrapalhadamente.

- Podes-me explicar? Não há nada para explicar. Esta foto explica muito bem que
tu me traíste.

- Alexis. - diz Thomas agarando pelo braço.

 - Seu estupido, imbecil, canalha. - diz Lexie com nojo.- E quem é essa? Mais uma

das tuas "amiguinhas de reuniões"?- pergunta Lexie olhando para a rapariga com nojo.

- Hei! Olha como falas de mim!Oh sua... - diz a rapariga irritada.

- Sua que? Diz lá? Sua que?

- Sua cabra. - acaba por responder a rapariga.

- Eu já te dou a cabra. - diz Lexie atirando-se aos cabelos da rapariga.

- Isso mesmo Lexie. Da-lhe! - diz Audrey a rir.

 

Thomas e Beatrice, Mary e Emma tentam separa-las mas sem efeito neenhum. De seguida Thomas agarra em Lexie e ela empurra-o para dentro da piscina, caindo à água.

- Oh...não acredito! Isto é de mais! - exclama Audrey divertida. Ela adorava um bom escandolo.

- O que se passa? Tudo bem? - pergunta Patrick aparecendo.

- Sim...tudo bem. - responde Emma que agarrava  a rapariga.

- Meu! O que estas a fazer aí dentro? - pergunta Patrick a olhar para o primo.

- Bem é melhor levar-te para casa.  - diz Mary ainda a agarrar em Lexie.

- Podes-me largar, ok? - diz Lexie libertando-se dos braços de Mary.

- Hei! Nos também vamos. - diz Emma libertando a rapariga.

- Foi uma optima festa, Patrick. Adeus e parabens! - diz Beatrice a rir.

- Vens, Audrey? - pergunta Mary.

- Não! A noite ainda é uma criança. E a festa só ainda agora começo. - responde a rir.

- Ok, então.

- Adeus meninas. - diz Patrick ajudando Thomas a sai da piscina.

 

 A festa já tinha acabado e Audrey estava a tentar fazer com que um taxi para-se mas sem exito nenhum. Pobre Audrey! Bebada e não consegue um taxi para a levar para casa! Deve ser super frustante.

- Hei! Queres boleia? - pergunta John aparecendo ao lado dela.

- De ti, Bolseiro? Só podia estar bebada, se aceita-se a tua boleia! - exclama Audrey meia zonza, não
conseguindo abrir os olhos.

- E estas! - diz John a rir.

- Não estou nada. Estou ligeiramente com uns copinhos a mais. É bem diferente. - diz Audrey desiquilibrando-se
e John agarra-a.

- Larga-me, Bolseiro! - grita ela.

- É para já. - diz ele largando e ela cai ao chão.

- Ai... - resmunga Audrey.

John agarra no seu braço e ajuda-a a levantar-se e os dois ficam muito próximos.

- Deixa-me levar-te a casa. - diz ele com os seus lábios muito proximos dos dela.

- Porque te preocupas? Pensava que me odiavas. - responde Audrey olhando para os seus lábios.

De seguida fez-se silêncio, ambos olharam para os olhos um do outro e beijam-se. Um beijo bem
demoradoooooooooo....mas  delicado...como se fosse se fosse um beijo inocente de duas pessoas que se amassem
verdadeiramente.

Depois de se terem beijado Audrey sente-se mal e sem comseguir evitar vomita para cima do pobre Bolseiro...

 Colégio Santiago, 12:00h

Mary, Emma e Lexie estavam no bar do colégio a almoçar. Como custe estavam a comer as suas saladas
que eram uma tradição delas. Mas o ambiente estava bastante tenso. As três amigas estavam caladas e quietas. Emma estava a pensar no Richard, enquanto “brincava” com a sua salada. Lexie estava a pensar em Thomas e na sua traição. Mary por
outro lado estava a pensar....em nada. Estava consentrada a descobrir se a mala da rapariga que estava a frente dela era mesmo prada ou não.

- Falas-te com Thomas, depois daquela cena toda? - pergunta Emma

- Não. - murmurou Lexie com um olhar triste.

- Mas bem podias! O telemovel não parou de tocar toda a noite. - confessa Mary.

Lexie olha para ela com uma cara de reprovação.

- O que foi?! É verdade! Já estava farta de ouvir aquele telemovel tocar. Só me apetcia agarrar
nele e tira-lo da janela. - diz Mary.

- Porque não o fizes-te? Era um favor que me fazias. - diz Lexie tristemente.

De repente aparece Beatrice com a revista " Mode Line" na mão.

- Nem vou acreditar o que aquela vadia escreveu. - diz ela atirando a revista para a mesa onde as
amigas estavam sentadas.

Olá caros leitores...

Daqui SECRET GIRL  a vossa fonte de informação mais segura sobre a elite de Miami...

Apanhada: Alexis Adams a tentar tirar o titulo de rainha escandalosa a Audrey Smith. E
pelos vistos conseguiu. É pena que o senhor perfeitinho se tenha molhado. Mary
Garrett a dar a Patrick um prenda igualzinha que deu no ano passado. O que se passa contigo fofa? Amnésia? Por outro lado Audrey Smith encontra-se de quarentena, depois de ter beijado ontem à noite o Bolseiro! Parece ser grave!

É tudo por agora (SECRET GIRL)

(acompanhada
com uma foto de Audrey a beijar John e de Lexie a puxar os cabelos a rapariga)

 - Eles nem estão mal na fotografia. - diz Lexie olhar para a fotografia.

 - A tua fotografia também não se fica nada atrás. - diz Emma a sorrir e Lexie retribui-lhe o sorriso.

- É por isso que ela faltou as aulas da manhã. - diz Mary.

- Eu vou ver como ela está. - diz Beatrice.

- Eu vou contigo. - responde Mary levantando-se da mesa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:37




Caindo das Estrelas

"Caindo das Estrelas" é o meu primeiro livro. Quem estiver interessado e quiser ler passe no site artelogy.com Obrigada