Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Bad Blood #Capitulo15#

por Silver Sky, em 25.05.14

Capitulo 15

Início de tarde, Natalie e Mia saem do elevador e começam a caminhar em direção da porta do apertamento de Mason. Param á frente da porta e de repente Mia vira costas e começa a fazer o caminho para trás.

-Hei! – Natalie interrompe-a, agarrando no braço dela. – Nem penses que te vais embora, minha menina. – diz a morena com um ar sério e autoritário.

-Não sei, se isto é uma boa ideia, Nat. – responde Mia com um ar receoso. – Eu não tenho coragem de falar com ele.

-Tu, vais ficar aqui e vais falar com ele. – Natalie com o mesmo tom severo e autoritário, larga o braço da amiga e as duas voltam-se novamente para a porta do apertamento de Mason.

-Prometes que não o matas? – pergunta Mia, olhando para Natalie.

-Sim, prometo. – responde Natalie, batendo depois á porta.

Mia, engole em seco e passado uns segundos Mason abre a porta.

-Mia! – diz Mason com um ar surpreso olhando para a loira.

-Olá, podemos entrar? – pergunta Natalie com um sorriso cativante, entrando pelo apartamento a dentro não dando qualquer tempo para Mason responder.

Mia por fim segue-a. Tentava ao máximo esconder o seu nervosismo e desconforto ao lado de Mason.

-Mia, depois daquilo que viste ontem a noite, pensei nunca mais te ia ver. – confessa Mason com um olhar triste dirigido a Mia, que por sua vez não responde.

-Queridinho, nós somos vampiras. Por isso vais ter que esforçar mais para nos assustar. – diz Natalie com um dos seus sorrisos travessos.

Mason com a revelação de Natalie fica estupefacto a olhar para as duas raparigas.

Finalmente Mia prenuncia-se: - Desculpa, a subtilidade não é o forte da Natalie…nem a discrição. – Mia olha para amiga que limita-se a sorrir.

-Mas, tu és vampira há quanto tempo? – pergunta Mason ainda a recompor-se da novidade.

-A Natalie transformou-me em Florença no ano 2000. – responde Mia.

Mason dirige um olhar a Natalie: - E porquê é que ela te transformou?

- Uma noite um grupo de marginais espancou-me quase até á morte e Natalie salvou-me…se ela não me tivesse transformado em vampira, eu tinha morrido. – responde Mia, olhando para amiga que se encontrava estranhamente séria e serena.

-E tu? És vampira á muito tempo? – pergunta Mason desta vez a Natalie.

-Eu fui transformada em Londres no ano 1901. E a minha história não é nada de especial. – responde simplesmente Natalie encolhendo os ombros.

-Não, é só uma pura tragédia. – murmura Mia.

-Já te disse que não gosto de falar desse assunto. – diz Natalie para Mia, com uma voz séria e com um ar furioso.

-Ok, esta bem. – responde rapidamente Mia, de maneira a desculpar-se toda.

-Mas vamos ao que interessa… - começa por dizer Natalie virando-se para Mason. – Tu já fizeste as tuas perguntas, agora é a nossa vez. Uma pessoa para se transformar em lobisomem tem que ser mordida ou é uma coisa genética, é que nunca percebi bem?

- As duas coisas. Uma pessoa pode herdar o gene de lobisomem ou pode ser simplesmente mordido e transformar-se num. – responde Mason, olhando Natalie e depois para Mia.

-E tu foste mordido ou é uma herança genética? – pergunta Mia, olhando para Mason.

-No meu caso é uma herança genética. Toda a gente da minha família por parte de pai possui o gene de lobisomem.- responde Mason olhando para Mia.

-E agora outra pergunta, vocês lobisomens alimentam-se de carne humana? – pergunta novamente Natalie.

-Sim, alimentamo-nos.

-Que nojo. – diz rapidamente Natalie com um ar repulsivo. –Nesse aspeto nós vampiros somos mais sofisticados. – Natalie exibi um pequeno sorriso de superioridade.

Mia limita-se a revirar os olhos.

 

Kyle percorria os corredores da Universidade, depois de uns segundos atrás ter perguntado a um funcionário onde podia encontrar o professor Cedric, este respondera-lhe que provavelmente estaria na sala dos professores ou no bar da Universidade. Kyle finalmente chega ao bar, dá uma vista de olhos e vê Cedric encostado á máquina de café a beber um café. Kyle atravessa o bar e vai ao seu encontro.

-Kyle! – exclama Cedric surpreendido por vê-lo ali. – O que estas aqui a fazer? Onde está a Natalie? Tu não devias andar na rua sozinho.

- A Natalie e Mia foram falar com o Mason. – responde Kyle.

-E o que estas aqui a fazer então? Aconteceu alguma coisa? – Cedric começava a ficar preocupado.

- Esta tudo bem, Cedric. Eu só queria que me ensinasses a alimentar.

-Tens a certeza disso, Kyle? Não achas que é um pouco cedo demais para pensar nisso?

-Eu estou preparado, Cedric. Eu quero aprender como se faz. Eu quero ser um vampiro de verdade e não uma fraude. – diz Kyle com uma voz confiante e séria.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:26


6 comentários

Imagem de perfil

De sacha hart a 25.05.2014 às 18:09

Obrigada por teres lido e comentado a oneshot!!
Claro que aviso c:
Imagem de perfil

De twilight_pr a 25.05.2014 às 18:27

Ah adorei este capítulo!
UMA TRAGÉDIA?!!!!!! QUERO SABER QUE TRAGÉDIA! QUERO SABER TUDO SOBRE A NATALIE!
Imagem de perfil

De Silver Sky a 25.05.2014 às 21:16

Obrigada...capitulo 24 :)
Imagem de perfil

De twilight_pr a 25.05.2014 às 22:16

NÃOOOOOOO! ISSO É MUITO TEMPO! DÁ-ME UM SPOILER :C PLEASE!!!!
Imagem de perfil

De francis marie a 26.05.2014 às 21:47

Tragédia? Mas que tragédia é essa? o:
Agora fiquei super curiosa!
Já agora, amei o capitulo *-*
Imagem de perfil

De Silver Sky a 27.05.2014 às 11:30

obrigada..mas não é assim uma tragédia grande...foi uma coisa má que aconteceu a Natalie..

Comentar post




Caindo das Estrelas

"Caindo das Estrelas" é o meu primeiro livro. Quem estiver interessado e quiser ler passe no site artelogy.com Obrigada