Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Black Sea - Capitulo 12

por Silver Sky, em 21.11.15

black sea.JPG

Capitulo 12

Joseph agarra num óculo e direciona-o para o mar, vendo um navio pirata aproximando-se  velozmente deles. Mas não era um navio pirata qualquer, era o navio pirata do Capitão Josh Hunter, o pirata britânico mais temido dos sete mares.

-Agora essa não. – diz Joseph murmurando para si.

-Algum problema? – pergunta Estella com uma pequena ruga de preocupação na testa.

De repente uma bala de canhão passa a milímetros do navio de Joseph, caindo na água.

-PREPARAR CANHÕES! – grita Joseph com uma voz autoritária andando de um alado para o outro, enquanto Estella permanecia quieta no seu canto.

A tripulação imediatamente abastece os canhões com pólvora e balas de canhão, disparando depois a ordem de Jospeh. O outro navio pirata ripostava.

-Capitão! – diz um pirata aproximando-se de Joseph. – O navio vai a uma grande velocidade. Não tarda nada e alcança-nos.

-PREPARAR ARMAS! – ordena Joseph.

Todos os piratas do navio agarram naquilo que tinham a mão, espadas, pistolas, caçadeiras.

A seguir Joseph vai ter com Estella.

-Não saias do meu lado, entendido? – diz Jospeh agarrando na sua espada.

A rapariga assenta com a cabeça.

Foi uma questão de minutos para Lady Anne ser invadida por piratas inimigos, que pulavam para dentro do navio.

-DISPARAR! – ordena  Joseph, investindo imediatamente um ataque com a sua espada num pirata inimigo.

O que se segue a seguir é um banho de sangue. Piratas mortos de ambos os navios, muitos atirados ao mar e afogando-se, no final Joseph é derrotado. O resto da tripulação que sobreviveu, incluindo ele e Estella são feitos prisoneiros. Joseph estava mantido preso por dois piratas inimigos como Estella estava, com uma expressão assustada. O resto da tripulação estava amarrada ao mastro por uma enorme corda.

Um pirata que vergava roupas pretas aparece por fim. Tinha um olhar misterioso e malicioso. O seu chapéu igualmente preto denunciava-o. Ele era Josh Hunter. Capitão do navio inimigo.

-Ora, ora. Quem temos aqui. Joseph Northan, filho do meu eterno amigo. – diz Josh com um sorriso divertido nos lábios.

-Tu não eras amigo do meu pai! – diz Joseph revoltado. – Tu mataste-o!

-Como podes acusar de tal horror. – diz o pirata com uma expressão cínica. –Eu e o teu pai eramos amigos. Não tenho culpa que ele me traiu.

-Ele nunca te traiu! – responde Joseph quase gritando. – Foi o contrário. Tu enganaste o meu pai, para ficar com o tesouro que ele tinha encontrado!

-Bem de qualquer maneira são águas passadas. – diz Josh com um sorriso.

De repente o pirata repara em Estella. Aproxima-se dela, deixando-a nervosa.

-E quem esta amável rapariga? – pergunta Josh com um sorriso cativante, olhando para Estella.

-Ninguém. – responde rapidamente Joseph um pouco nervoso.

-Tem que ser alguém. – diz Joseph, passando carinhosamente pelo rosto de Estella. Esta engole em seco, concentrando-se para não chorar.

-Não lhe toques! – grita Joseph furioso, debatendo-se para soltar.

-Não é preciso enervas-te meu caro. – diz o pirata com um sorriso cínico. – Eu não vou fazer mal nenhum a tua princesa. – Josh vira depois o seu olhar novamente para Estella. – Agora minha querida, qual é o teu nome? – um sorriso cativante aparecia nos lábios do pirata.

-Estella Fernandez. – responde a rapariga quase num murmúrio, engolindo em seco.

-Não precisas ter medo, minha querida. – diz Josh com um sorriso falsamente amavel. – Mas vejo o que meu querido amigo vê em ti. – diz depois o pirata olhando para Joseph.

- O que queres, Josh? – pergunta Joseph, perdendo quase a calma.

-Eu quero o lendário tesouro do pirata Olaf. – responde Josh, aproximando-se do rapaz.

-Eu não sei o que estas a falar. – mente Joseph.

-É engraçado. Porque tenho a certeza que sabes. Ouvi uns rumores que o filho do grande James Northan, sabe onde esta o lendário tesouro do pirata Olaf.

Joseph engole em seco.

-Fazemos o seguinte. Dou-te um dia para pensares melhor. Se me dizeres onde esta o tesouro liberto-te a ti e aso teus piratas. Se não quiseres, colaborar, não vou ter outro remédio se não vos matar. – diz Jopsh com um voz ameaçador e um olhar malicioso. – E eu sei que não queres que os teus homens morram por cause de ti. Inclusive esta adorável rapariga. – diz o pirata olhando com um sorriso para Estella.

-Não, nunca! – grita Joseph. Ele não ia ceder a chantagem de Josh.

-Bem, sendo assim, levam-nos para as celas. – ordena Josh para os seus piratas.

Desculpem por não postar esta historia com regularidade. Mas ainda não esta acabada e não tenho tido tempo. Não sei se alguém a lê. Mas vou posta-la até ao fim. BJS

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:04


1 comentário

Imagem de perfil

De twilight_pr a 21.11.2015 às 21:47

Eu leio e continuo super curiosa com ela e ainda mais com este capítulo. Mal posso esperar para a ler mais :D

Comentar post