Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Black Sea - Capitulo 13

por Silver Sky, em 29.11.15

black sea.JPG

 

Capitulo 13

Uma vez no porão Estella e Joseph vão para uma cela e o resto da tripulação para outra. Um homem de barbas cumpridas encontrava-se na mesma cela que Estella e o jovem pirata.

-Estella?! – diz o homem com uma voz rouca e fraca.

Estella olha para ele confusa, mas rapidamente apercebe-se quem era.

-Pai?! – exclama a rapariga quase ficando sem palavras, abraçando Alfonso de seguida.

-Minha querida filha pensei que tivesses morta. – confessa o homem, não conseguindo conter as lágrimas.

-E eu pensei o mesmo de si, querido pai. Eu vi-o a afundar com o navio.

-Eu fiquei a deriva por alguns dias e depois fui resgatado pelo Capitão Josh Hunter, que me prendeu aqui e me tratou como um escravo.

-Lamento imenso pai. – diz a rapariga com um ar triste.

-E tu como conseguiste sobreviver? – pergunta Alfonso curioso.

-Joseph Northan salvou a minha vida. – responde Estella com um sorriso olhando para o rapaz.

Alfonso também olha, mas fica imediatamente repreendido.

-Ele é um pirata? – perguntou Alfonso com uma voz tremula.

-Sim. Ele é Capitão de um navio pirata. Mas não tens que temer de nada, pai. Josh é um bom homem ele ajudou-me, manteve-me viva e prometeu-me levar até casa, mas tivemos o azar de nos cruzar com Josh Hunter. – diz Estella tentando defender Joseph.

Alfonso estica a mão a Joseph que a aperta imediatamente.

-Obrigado por ter salvo a vida da minha filha. – agradece Alfonso.

-Não fiz mais do que a minha obrigação Sr. , de auxiliar alguém que precisava de ajuda. Além do mais é um prazer ter a companhia de Estella. – responde Joseph sorrindo para Estella, que lhe retribui o sorriso.

-A mãe vai ficar tão contente saber que tu também estas vivo, pai. – diz Estella com um sorriso feliz.

-Mas para isso precisamos primeiro sair daqui. – diz a seguir Alfonso.

-Iremos arranjar uma maneira. Tenho a certeza. – responde Estella tentando manter a esperança.

  

Josh Hunter encontrava-se no seu camarote a fumar um charuto, sentando numa cadeira e com os pés sobre uma secretária, adquirindo uma forma confortável. De repente alguém bate a porta.

-Entre. – ordena Josh, saboreando novamente o seu charuto.

A porta abre-se e Joseph entra.

- O que trás por aqui, amigo. – diz Josh com um sorriso malicioso, tirando os pés de cima da mesa e levantando-se.

-Vim aqui fazer um acordo. – responde Joseph com uma atitude séria.

-Bem, estou curioso. – responde Josh novamente sorrindo. – Que acordo é esse?

-Eu digo-te onde está o tesouro lendário do pirata nórdico Olaf e tu libertas a minha tripulação, a Estella e o seu pai Alfonso. – diz Joseph.

-O Sr. Fernandez é pai da doce Estella. Quem diria, ah? – diz o pirata surpreendido. – Este mundo é mesmo deveras pequeno.

-Então, temos acordo? – pergunta Joseph, ainda com um ar sério e um pouco impaciente.

-Sim, mas nem tentes fazer nenhum truque ou passar-me a perna. Porque se me enganares eu mato a tua tripulação toda, incluindo a amável Estella e o seu nobre pai. – diz Josh com um tom de voz ameaçador.

-Tens a minha palavra. Ao contrario da tua, a minha tem valor. – responde Joseph num tom ríspido e frio.

Josh simplesmente deixa escapar uma gargalhada divertida

-Rapaz, tens a certeza que tens mesmo sangue de pirata? Porque um verdadeiro pirata não tem palavra. – diz Josh com um sorriso malicioso.

 

Depois da conversa entre o dois piratas. O Capitão Josh Hunter reúne toda a gente no convés.

-Vai atirar-nos ao mar? – pergunta Estella, olhando para o pirata que tinha como sempre um sorriso malicioso no rosto.

-Não, vou libertar-vos. E isso inclui o teu pai, Estella. – responde Josh olhando para a rapariga.

De repente ouve-se um murmurinho da parte da tripulação de Joseph.

-Libertar-nos? – Estella estava incrédula. – Porquê? Porque mudou de ideias?

-Tens que agradecer aqui ao vosso Capitão. – diz o pirata, olhando para Joseph. – Ele trocou a vossa liberdade pela localização do lendário tesouro do pirata nórdico Olaf. – Josh finaliza com um sorriso malicioso.

Estella olha para Joseph que tinha o olhar baixo e uma expressão triste no rosto.

desculpem se existir algum erro :/. Mas espero que gostem :)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:44


1 comentário

Imagem de perfil

De twilight_pr a 29.11.2015 às 18:59

Ai eu gosto tanto dele que eu nem sei! Ele sacrificou o seu grande tesouro para que ela e o seu pai ficassem bem e salvos.
Adorei este capítulo, mal posso esperar para ler mais.
Beijinhos*

Comentar post