Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Black Sea - Capitulo 14

por Silver Sky, em 05.01.16

black sea.JPG

 

Capitulo 14

Josh Hunter deixa-os no porto de Dublin, Irlanda, país natal de Joseph .

-Bem, parece que chegou a hora de dizer adeus. – diz Joseph, aproximando-se um pouco mais de Estella.

-Detesto despedidas. – diz Estella com um olhar triste.

-Eu também. Mas prometo que nos vamos voltar a ver. Mais cedo que tu pensas. – responde o pirata com um sorriso.

Estella agarra na mão de Joseph e fixa o seu olhar no dele.

-Lamento pelo tesouro.

-Não te preocupes. Eu vou recupera-lo. Afinal de contas sou um pirata. Minha vida é saquear tesouros de outros navios, piratas ou não. – diz Joseph sorrindo, piscando-lhe o olho.

Estella sorri.

De repente Alfonso aparece.

-Estella, filha, eu encontrei um navio que nos leva para casa. Rápido! – diz o pai num tom apressado.

Estella abraça Joseph, num forte abraço que é rapidamente retribuído.

-Obrigada Joseph. – murmura a rapariga ao ouvido do pirata.

-Vamos voltar ver-nos. – diz o pirata, olhando para Estella.

-Fico a espera! – diz Estella, largando Joseph e agarrando a mão do pai, sendo depois puxada.

-Prometo! – grita Joseph, vendo a rapariga a afastar-se, mas olhando uma última vez para trás.

 

Estella e o seu pai já se encontravam no navio que os levaria para Valência. Para casa. Mas a felicidade de Estella não era completa. Sentia saudades de Joseph e perguntava-se quando o voltaria a ver. E se um dia ela o voltaria a ver.

Debruçada, observava o horizonte com um olhar entristecido e vazio.

-Pareces triste. – Estella, olha para o lado e vê o seu pai. – Não estas feliz por voltar para casa? Ver a mãe.

-Sim, mas…

-Tu amas aquele pirata. – Alfonso interrompe-a.

-Para mim Joseph não é um pirata, é apenas o rapaz que eu amo. – responde Estella convicta nas suas palavras.

-Estella, minha querida… - começa Alfonso a falar com uma voz reconfortante. – O provável é nunca mais o voltes a ver.

-Ele prometeu-me que nos voltaríamos a ver. – diz rapidamente a rapariga, levantando um pouco o tom de voz.

-Mas piratas não cumprem as suas promessas. Eles são homens sem honra, sem palavra. Criminosos.

-Joseph é diferente. E ele é um homem com honra e com palavra, se não fosse ele nos não estaríamos agora a ir para casa. – responde Estella, virando as costas ao pai e indo-se embora.

 

Estella e Alfonso chegam finalmente ao porto de Valência. Desembarcam do navio e vêm Amélia a caminhar na direção deles, recebendo-os num abraço apertado, beijando depois os lábios do marido.

-Tive tanto medo de vos perder. – diz Amélia numa voz cheio de alivio.

-Mas estamos aqui mãe. – diz Estella sorrindo.

Alfonso volta a abraçar a mulher.

De repente Estella avista Francesca a chegar ao cais. Ela caminha imediatamente na direção d amiga.

-Francesca! – grita Estella.

Francesca finalmente vê a amiga.

-Estella! – grita também Francesca com um sorriso.

As duas começam a correr na direção de uma da outra e abraçam-se.

-Tive tanto medo de não te voltar a ver. – diz por fim Francesca libertando a amiga dos seus braços.

-Eu também tive muitas saudades tuas, amiga. – responde Estella sorrindo.

-Tens que me contar tudo! – diz a seguir Francesca sorrindo.

Estella limita-se a assentir com a cabeça, sorrindo depois.

desculpem por não postar esta história com mais regularidade. Mas ando mesmo sem tempo :/. Espero que gostem do capitulo. O final esta para breve :)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:41


1 comentário

Imagem de perfil

De twilight_pr a 06.01.2016 às 17:42

Fico feliz por já não estarem fora de perigo, mas estou triste por eles já não estarem juntos.
Quero ver o próximo capítulo ^^
Gostei bastante deste ;)

Comentar post