Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


This is (not) Love... NOVE

por Silver Sky, em 06.02.16

isto não é amor.jpg

 

 

NOVE

Nova Iorque

Jay encontrava-se sentado na varanda a beber uma taça de vinho, enquanto olhava em silêncio para as luzes da cidade.

Constance aparece entretanto.

-Então já te cansaste do filme? – pergunta Jay, olhando para ela, enquanto se sentava ao lado dele.

-Não estava a gostar. – responde Constance encolhendo os ombros..

-Hum, então não és fã de filmes de terror. – diz a seguir o rapaz, esboçando um sorriso.

-E tu o que estas a beber? – pergunta Constance, olhando para o copo que Jay tinha na mão.

-O vinho mais caro e antigo que o meu pai tinha na garrafeira. – responde Jay, sorrindo para ela. – Queres?

-Pode ser.

Jay agarra num copo e serve um pouco de vinho tinto, entregando depois a Constance, que dá imediatamente um pequeno gole.

-É bom. – diz a seguir Constance sorrindo.

Jay fica a olhar para ela.

-O que foi? – pergunta Constance confusa.

-Foi a primeira vez que te vi a sorrir.

Constance não diz nada e olha para frente. Jay faz o mesmo.

-Eras capaz de fazer aquilo que os nossos pais fizeram? Desistir de tudo e ir para um sitio novo e começar tudo do zero. – pergunta Jay, continuando ainda a olhar para a frente.

-Não sei. Mas acho que não. E tu?

Constance vira-se para olhar para Jay.

-Talvez por amor. Sim, faria-o.

De repente começam a ouvir um som de violino. Viram-se para trás e vêm Beverly e Theo parados na entrada da varanda. O som do violino vinha do telemóvel que Beverly tinha nas mãos.

-O que vocês estão a fazer? – pergunta Jay confuso.

-A criar um ambiente mais romântico. –responde Beverly rindo-se.

Theo também solta uma gargalhada.

-Eu vou matar-vos! – diz Constance furiosa.

Theo e Beverly fogem para dentro de casa e Jay e Constance correm atrás deles.

 

Enquanto Constance trabalhava no motor do carro, Beverly e Theo vasculhavam o interior do mesmo.

Beverly abre o porta-luvas e descobre uma fotografia de um casal idoso.

-Acho que descobri quem é o dono do carro! – diz Beverly com um sorriso, mostrando a fotografia a Theo.

-Mostra. – diz a seguir Constance curiosa, olhando para a rapariga.

Beverly sai do carro e aproxima-se de Constance mostrando-lhe a fotografia.

-Não é adorável? Um casal amar-se assim por tanto tempo!- diz Beverly com um sorriso rasgado e feliz.

-Quem te disse que eles se amavam? –diz rapidamente Constance.

Beverly revira os olhos.

-Não sejas tão rancorosa no que toca ao amor, Constance.

-Não ligues, Beverly. A minha irmã tem um cubo de gelo no lugar do coração. – diz Theo, fazendo uma careta a Constance.

Constance mostra-lhe o dedo do meio e volta a trabalhar no motor.

-Mas eu pergunto-me o que aconteceu com este casal. – diz Beverly, olhando para a fotografia.

-Eu falei com o Dawn e ele disse que os donos mudaram-se para o Canada para irem morar com os filhos. – responde Theo.

Entretanto Jay aparece no celeiro.

- O que vocês estão a fazer?

-A falar dos antigos donos da Quinta. – responde Beverly mostrando a fotografia do casal idoso ao irmão.

-Pronto já está! – exclama Constance, limpando as mãos sujas de óleo ao seu fato de macaco. – Theo, dá a chave, se fizeres o favor.

Theo faz o que a irmã pede e de repente ouve-se o ronco do motor.

-Quem está interessado em dar um passeio de carro? – pergunta Constance, com um sorriso cheio de entusiasmo.

-Eu! – gritam Beverly e Theo em uníssono animados.

-Eu também estou convidado? – pergunta Jay, olhando para Constance.

-Sim também estas. – responde revirando os olhos.

Oi minha gente :) Obrigada por lerem a história Kiss xd

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:38


2 comentários

Imagem de perfil

De twilight_pr a 06.02.2016 às 15:36

YES o carro está a funcionar!
A cena do violino matou-me, adorei xDDD
Mal posso esperar para ler mais!
Beijinhos grandes!
Imagem de perfil

De twilight_pr a 13.02.2016 às 13:52

Olá, era para te dizer que já postei o capítulo 30. Espero que gostes, beijinhos grandes*

Comentar post